Notícias

Agroindústrias no segmento de nutrição animal investem no Tocantins

25/06/2018 - Welcton de Oliveira / Governo do Tocantins

Produtores tocantinenses estão cada vez mais investindo em nutrição animal, em busca de alimentação equilibrada e rentabilidade para o seu negócio. Com isso, cresce também o número produtores que investem na aquisição de equipamentos que proporcione a trituração e preparo de rações nas próprias propriedades.

Na Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins 2018) que acontece esta semana, no Centro Agrotecnológico de Palmas, empresas estão comercializando o que há de mais avançado em nutrição animal. O empresário tocantinense, Vinicius Carvalho, é um dos pioneiros neste segmento. Há seis anos percebendo a carência que havia no Tocantins e o grande potencial de matéria-prima, resolveu montar uma fábrica de ração para aves e suínos. Hoje ele fabrica também para bovinos, peixes e pet.

O empresário está lançando na Agrotins, a primeira ração para pet fabricada no Tocantins. “Resolvemos ampliar nosso negócio para este segmento de pet e escolhemos a Agrotins para lançar mais este produto, pois é a principal Feira da região norte e com um grande alcance de público”, disse ele, acrescentando que a sua indústria também é a primeira no estado a desenvolver ração para peixes, um nicho de comércio crescente e que tem foco direto com o produtor.

O produtor rural, Ricardo Silva Souza contou que utiliza ração e produtos para balancear a alimentação do seu rebanho. “Uma das vantagens é o ganho no desenvolvimento e peso dos animais para corte. Como adquirimos equipamentos, compramos a ração, milho, soja e na propriedade mesma fazemos a silagem que alimentará os animais”, contou ele.

Ainda segundo o produtor, a utilização de produtos de nutrição animal tem proporcionado melhores margens de lucro devido o tempo de engorda para comercialização. “O uso desta tecnologia e de produtos acrescentado à alimentação dos animais dá um melhor retorno econômico para a atividade em termos de custo/benefício”, ressaltou Ricardo.