Comitê de Execução do Pátria Amada Mirim no Tocantins tem a missão de alcançar 139 municípios

Oferecido por Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins)

Com a criação do Comitê de Execução do Programa Pátria Amada Mirim (PAM), o Governo do Tocantins reuniu na Portaria Conjunta nº 1, representantes técnicos dos órgãos parceiros que, após o período de distanciamento social, vão executar e avaliar de forma contínua as etapas das ações de educação ambiental junto aos estudantes da rede de ensino público do Estado.

As atividades do PAM tem foco numa perspectiva diferente das questões ambientais, a partir de experiências de campo e vivências educativas para estudantes. Com técnicos dedicados à rotina de atividades de educação ambiental oferecidas pelo Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) às comunidades, o Órgão pretende contribuir o Comitê e as ações de sustentabilidade ambiental do Programa.

Com a sensibilização de crianças e adolescentes da rede pública de ensino, o PAM envolve alunos nas atividades práticas, mostrar os desafios, as possibilidades e a importância da educação ambiental. Por meio do incentivo a proteção, preservação e conservação de recursos naturais o programa busca elevar a formação de cidadãos conscientes do papel dos biomas no desenvolvimento sustentável tocantinense.

Na fase experimental em 2019, o Programa foi realizado com 50 alunos da área rural de Palmas. Os estudantes da Escola Estadual Entre Rios participaram de diálogos sobre o bioma Cerrado e de visitas de campo para identificar árvores, flores e frutos locais.

Com a meta de alcançar 8,5 mil alunos em 40 municípios neste ano, 25 mil estudantes das 139 cidades tocantinenses até 2022, diante das atividades escolares suspensas, caberá ao Comitê definir um novo planejamento das metas.

Saiba mais em: https://bit.ly/2LRubaW

#FicaEmCasa

Parceiro Pavilhão