Agrotins 2021: Medidas de defesa fitossanitárias amplia o controle da ferrugem asiática da soja no T


A soja é a principal cultura de grão do Estado, e a produção vem crescendo a cada ano, por isso, o Governo do Tocantins, por meio da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), vem adotando medidas sanitárias e fiscalizações nas lavouras, para monitorar a ferrugem asiática, principal praga que acomete a cultura da soja, e que causa prejuízos econômicos aos produtores rurais. E na Feira Agrotecnológica do Tocantins (Agrotins) 2021 que ocorre de 15 a 18 de junho, a Adapec apresenta a importância do monitoramento e controle desta praga.

Este ano, o Tocantins fez uma atualização na legislação do Programa Estadual de Controle da Ferrugem Asiática da Soja no Tocantins (PECFS), que possibilitou, por exemplo, o produtor de soja salvar sementes para uso próprio nas planícies tropicais. “Este trabalho trouxe algumas mudanças importantes para o plantio de soja na condição de excepcionalidades das Planícies Tropicais e para fins de pesquisa científica, e seu grande diferencial, é porque ele foi feito com a contribuição do setor produtivo, do segmento de pesquisa e dos produtores de soja do Estado,” disse o diretor de defesa, inspeção e sanidade vegetal da Adapec, Alex Sandro Arruda.

“Somos um dos grandes produtores de soja do país, e o monitoramento que a Adapec já realiza, somado a atualização da legislação, contribui para um melhor controle da ferrugem asiática. E assim, continuar aumentando a nossa produção, tanto no cultivo de sequeiro como nas Planícies Tropicais nas condições de excepcionalidade, que é um dos grandes diferencial que temos em relação a outros estados,” disse o presidente da Adapec, Paulo Lima.

O cultivo de soja sementes nas Planícies Tropicais é monitorado semanalmente pela Adapec em 100% das áreas cadastradas pela Agência, a fim de controlar a presença da ferrugem asiática nas lavouras. “O controle da ferrugem asiática conta com algumas medidas que são essenciais para o cultivo, como a calendarização do plantio de soja com uma janela de plantio definida, prazo para cadastramento das áreas cultivadas e o monitoramento semanal nas lavouras feito pelos inspetores de defesa agropecuária da Agência,” destacou Cleovan Barbosa, responsável técnico pelo PECFS.

Ferrugem Asiática da Soja

É a principal praga que acomete a oleaginosa, causada pelo fungo Phakopsora pachyrhizi. Ela dissemina rapidamente entre as plantações através do vento. Os maiores prejuízos causados é a redução da produtividade, já que causa desfolha precoce nas plantas, impedindo que os grãos de soja se formem completamente. O vazio sanitário é uma importante forma de prevenção da doença.

Noticias