Notícias

Produtores, empresários e investidores debatem piscicultura no Tocantins

12/05/2017 - Patrícia Saturno/Governo do Tocantins

Produtores, empresários e investidores do ramo da piscicultura tiveram a oportunidade de obter informações e discutir o fortalecimento do setor em palestras e discussões realizadas no workshop proposto pelo Núcleo de Apoio aos Arranjos Produtivos Locais como parte da programação do Espaço Inovar, na Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins 2017).

Eficiência na Produção de Peixe; como inserir pequenos produtores no mercado formal do pescado; apresentação das oportunidade de negócio para a piscicultura; os incentivos fiscais e investimentos voltados para o setor foram os assuntos em discussão ao longo dos dias de seminário. Além disso, um debate proporcionou a discussão dos assuntos de interesse da cadeia produtiva.

O gerente de Arranjos Produtivos da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura (Seden), Marcondes Martins, falou da importância do evento para o fortalecimento do arranjo produtivo da piscicultura, com a aproximação entre os agentes produtivos. “Tivemos a participação de empresas frigoríficas de peixe,  representantes de fábricas de ração, assim como de assistência técnica e alevinos.  Foram espaços produtivos, abrindo espaço, inclusive, para a concretização de negócios entre os participantes”, disse.

Ainda segundo ele, o evento foi realizado com o propósito de organizar e estruturar a produção e o mercado de pescado no Estado, reduzir a informalidade e os custos de produção e logística, bem como aumentar a eficiência da produção, atrair investimentos para o setor da piscicultura e tornar a legislação tocantinense tão boa ou melhor que a dos Estados mais aperfeiçoados em termos de políticas públicas voltadas para setor pescados.

APLs

Arranjo Produtivo Local (APL) é o termo usado para definir uma aglomeração de empresas com a mesma especialização produtiva, que mantém vínculos de articulação, interação, cooperação e aprendizagem entre si e conta também com apoio de instituições locais como governo, associações empresariais, instituições de crédito, ensino e pesquisa.

Este ano, o Espaço Inovar, organizado pela Seden e parceiros na Agrotins, dedicou boa parte de sua estrutura para promover e divulgar os APLs da cana de açúcar, do leite, da carne, dos cristais.

Aagrotins 2017 teve início na terça-feira, 9, e termina neste sábado, 13, em Palmas.

 

Compartilhe esta notícia