Agrotins 2008

A oitava edição da Agrotins superou as expectativas, tanto no que diz respeito à estrutura geral, quanto em número de visitantes e em volume de negócios. Em 2008 foram 331 expositores de diversos segmentos, como animal, vegetal, máquinas, veículos, produtos e serviços, agentes financeiros e órgãos públicos. Um crescimento de 34,5% em relação ao ano passado, quando 246 expositores participaram do evento.

O público também cresceu. Enquanto na edição anterior 35.986 pessoas visitaram o Centro Agrotecnológico de Palmas, este ano 37.098 visitantes conheceram as novidades da Agrotins 2008. Desse total, 4.380 pessoas participaram de algum evento de capacitação oferecido pela feira (dias de campo, palestras, clínicas tecnológicas e dinâmicas).

Dos 139 municípios tocantinenses, 127 participaram da Agrotins por meio de agricultores familiares, sindicatos rurais, expositores e outros segmentos. Esses dados demonstram que a Agrotins, apesar de ser realizada em Palmas, é um evento que mobiliza todas as regiões do Estado.

Volume de negócios

O maior salto conseguido pela Agrotins foi o volume de negócios gerados. Entre propostas, vendas e negociações, o montante atingido foi de R$ 42,96 milhões, um aumento de 86,8% em relação ao ano anterior. Para o coordenador da feira, Ricardo Pires, os números refletem não apenas o sucesso dos expositores, mas a acessibilidade e agilidade na realização dos negócios. Segundo ele, os trâmites normais de uma negociação poderiam durar uma semana, enquanto no período da feira o prazo se encurtaria para no mínimo de 24 horas.

Os pequenos expositores, como artesãos, vendedores de aves e outros pequenos negócios, movimentaram aproximadamente R$ 40 mil, aumentando a renda dessas famílias.

Arquivo(s)